quinta-feira, 19 de junho de 2008

Acre tem ano mais frio em uma década


De acordo com o pesquisador da Ufac, David Friali, o Acre passa por um ano atípico em decorrência do fenômeno Laniña, responsável pelo resfriamento das águas do Oceano Pacífico. O resultado desse fenômeno é que o estado vem registrando as menores temperaturas em dez anos. Em 2008, várias friagens já foram registradas e o termômetro chegou a registrar 11 graus. Segundo o pesquisador, outras frentes frias devem chegar ao Acre. “A próxima friagem está prevista para chegar neste domingo e deve atingir a menor temperatura do ano, cerca de 10 graus”, disse David Friali.