domingo, 17 de junho de 2007

Cuzco: rota mundial do turismo

Cuzco é a segunda cidade mais importante do Peru e possui 500 mil habitantes. Sua principal atividade econômica é o turismo. Por ano o lugar recebe mais de 1 milhão de turistas de várias partes do mundo. Na América Latina, a cidade só perde em número de visitantes para Rio de Janeiro e Buenos Ayres.
Entre as principais atrações turísticas, destaque para as ruínas históricas de Machupicchu, que fica a quatro horas de trem saindo do centro de Cuzco. Cada viagem não sai por menos de 120 dólares. Os restaurantes são sofisticados e possuem uma culinária bastante diversificada. O alto das cordilheiras também é bastante visitado pelos turistas, assim como o mirante, o centro arqueológico e o Coliseum Salsayhuama, palco das batalhas medievais do início do século passado.
Com a criação de uma rota aérea Rio Branco/Cuzco, os empresários da capital acreditam na consolidação dos negócios e do turismo entre os dois países. Mas, a viagem também pode ser feita pela estrada Interoceânica (rodovia do pacífico). Saindo da capital acreana são 1200 quilômetros até Cuzco. A rodovia está sendo pavimentada por um consórcio de empresas liderado pela Odebrecht. A obra tem um custo total de 600 milhões de dólares e o governo brasileiro tem participação no negócio por meio do BNDES. De acordo com Mário Cordino, engenheiro da Odebrecht, a previsão é que a estrada seja concluída em meados de 2009.









3 comentários:

Anônimo disse...

Olá amigo Senildo Melo! como vai?
Gostei muito do blogger, parabéns!!!
Alexandre Nunes

Paulo Paiva disse...

muito bom seu blog, acho que fazemos o mesmo trabalho por regiões diferentes, mais irmãs. a amazonia e a bahia, terras de florestas e cultura rica. o nosso é sobre o sul da bahia no link

http://acordameupovo.blogspot.com/

Paulo Paiva - Jornalista

Paulo Paiva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.