segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Cruzeiro do Sul: fiscais do Ibama apreendem tartaruga gigante

O animal era mantido em local inadequado e vendido a R$ 600,00


Normalmente a maior tartaruga da Amazônia chega a medir 90cm, mas o animal capturado no Rio Môa em Cruzeiro do Sul, mede 1m de comprimento e pesa 64 quilos. Segundo o Ibama, a tartaruga estava em situação de maus tratos e seria comercializada ao preço de R$600.

Através de uma denúncia anônima os agentes do Ibama encontraram a tartaruga nos fundos da casa de um ribeirinho na comunidade rural Narí do Môa. De acordo com Márcio Vinícius, chefe do escritório regional do órgão, o animal estava fora da água, coberto com palhas para evitar o calor e em pouco tempo poderia não resistir.

O homem que estaria disposto a comercializar a tartaruga não foi encontrado e está sendo procurado para responder pelo crime ambiental.

A tartaruga foi removida para a sede do Ibama na cidade e será devolvida as águas do Rio Môa na área do Parque Nacional da Serra do Divisor.

Um comentário:

Victor Adativa disse...

Senildo, incrível como as pessoas ainda cometem estes tipos de crime. No meu BLOG tem um post sobre um crime ambiental na Serra do Divisor.
Temos que divulgar isto e chamar a atenção dos brasileiros sobre o que está acontecendo na Amazônia.
Bom trabalho